top of page

GOVERNO PREVÊ AUMENTO DE 7,65% NO SALÁRIO MÍNIMO, CHEGANDO A R$ 1.421

A proposta orçamentária para 2024 (PLN 29/23), entregue pelo governo ao Congresso Nacional, prevê um salário mínimo de R$ 1.421, um aumento de 7,65% em relação ao atual, que é R$ 1.320. O projeto prevê receitas e despesas de 2,2 trilhões e, portanto, déficit fiscal zero.


Os técnicos do Ministério da Fazenda afirmaram que as contas revelaram até um pequeno superávit, de R$ 2,8 bilhões. Mas, pelo novo arcabouço fiscal, a meta será considerada cumprida se ocorrer um déficit ou superávit de até R$ 29 bilhões.


O valor do salário mínimo é uma projeção, pois ainda depende da variação anual do INPC até novembro, acrescido do crescimento do PIB em 2022, que foi de 2,9%. Segundo os técnicos, não há previsão de reajuste no projeto para a tabela do Imposto de Renda e para os benefícios do Bolsa Família.


O Orçamento total para 2024 tem R$ 5,5 trilhões por causa das despesas com a dívida pública e uma parcela de R$ 151,3 bilhões para os investimentos das empresas estatais.


O ministro da Fazenda disse que a Receita Federal foi conservadora na projeção das receitas de impostos no projeto do Orçamento de 2024 e que isso pode gerar uma surpresa positiva mais à frente. Ainda esclareceu que, por causa disso, foi necessário antecipar medidas de aumento de receita que estavam programadas para serem anunciadas só no ano que vem.

Posts recentes

Ver tudo

Como um Joint Venture pode ajudar sua empresa?

Se você é um empreendedor ou empresário buscando maneiras de expandir seu negócio, aumentar sua competitividade ou explorar novos mercados, uma joint venture pode ser a solução ideal. Mas o que exatam

Comments


bottom of page